arte Fernanda Pompeu
arte Fernanda Pompeu

Last updated on Fevereiro 26th, 2018 at 11:49 am

Como fazer links. Ou hiperlinks? Links e hiperlinks são a mesma coisa. A rigor a gente não faz um link em si. Você faz uma postagem no seu blog, ela ganha um endereço. Por exemplo, este post tem um endereço http://www.aceleratexto.com.br/como-fazer-links/. Daí se alguém copiar esse endereço e linkar no próprio blog ou colar numa rede social, o meu post vira um link na postagem desse alguém.

Veja como fazer links

Meu blog está hospedado na plataforma WordPress – uma boa ferramenta para blogs, uma vez que é também uma ferramenta de gerenciamento de conteúdos. Quando eu quero fazer links, eu vou na página original, colo o endereço e clico no ícone do elo do WordPress e colo. Pronto, já está.

como fazer link no wordpress
página de edição wordpress

Quando a gente anexa o link, o próprio WordPress põe uma cor diferente. Isso mostra para o leitor que clicando ali, ele será redirecionado para outra página. No começo da experiência internet, as pessoas costumavam escrever (antes do link) Leia aqui, Leia mais. Hoje isso não é mais necessário. Pois a imensa maioria dos usuários de blogs e portais já reconhece um link. Daí você, blogueiro, precisa aprender como fazer links.

Tipos de links

Os links podem ser internos ou externos. Link interno é quando eu redireciono o leitor para uma postagem no meu próprio blog. Já o link externo levará o leitor para blogs e sites de terceiros. O ideal para a sua postagem é que ela tenha esses dois tipos de links.

Mas como fazer links no Facebook?

O Face não permite que você faça o link em cima da palavra. Aí você simplesmente irá copiar e colar o endereço. O seu leitor verá o endereço do link. Assim:

link no facebook
página do Face

Nesse caso vale informar: Leia aqui. Saiba mais. Clique no link etc. Pois há pessoas que acreditam que a internet é o Facebook. Portanto a alfabetização digital delas é fraquinha. O Facebook não facilita a linkagem, porque ele não quer, de jeito nenhum, que você saia do ambiente Face.

Há risco, mas vale a pena fazer links

Links, de fato, são portas de saída. A pessoa pode clicar, ir para outro lugar e simplesmente não retornar ao local de origem. Esse risco é real. Mas creio que os benefícios são maiores.

Links, bem escolhidos, podem enriquecer a nossa postagem complementando informações e dando mais detalhes sobre o assunto. E também, links liberam nosso texto para não perdemos o foco da mensagem principal que estamos querendo passar.

Por exemplo, se estou escrevendo uma história que se passa em Salvador, Bahia, posso me concentrar nos acontecimentos da história em si. Informações adicionais como localização, histórico da cidade, dados de população etc, eu dou em forma de links.

No fundo, ideias conectadas são favorecidas pelos links. Eles são o DNA da internet.

Para sabe mais assistia ao vídeo Hiperlink do Canal Acelera Texto:

Serviu?

Compartilhe

Compartilhe

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *